sábado, 13 de agosto de 2011

Preciso entender



Eu devo combater a inveja, que germina a cada amanhecer. Preciso combater meu egoísmo que impede que eu compartilhe meu coração com os demais. E careço engrandecer meu espírito com a humildade. Necessito lembrar a todo instante, que tudo na vida tem um porquê... E que não adianta a minha revolta, a maledicência, a angústia de querer ter as respostas para as minhas perguntas... Eu devo entender que sou apenas um grão de areia do oceano; uma pequena luz, a brilhar no universo... a personagem de uma história contada por Deus. E nada sou se não cultivar a minha fé; acreditar no amor genuíno, que de um simples pensamento, me fez tomar vida para caminhar por aqui. Nada acontece, que não seja por um motivo. Por isso, eu me obrigo a baixar meu próprio orgulho, guardar a minha soberba e aceitar o que me foi escrito. Porque assim sempre foi, e assim sempre será. A minha vontade não mudará os acontecimentos que estão previstos. E eu não tenho forças, nem qualidades para ser mais de quem me criou.

2 comentários:

  1. Adreia, muito lindo e verdadeiro.
    Abs. Paulinho

    ResponderExcluir
  2. Lindo, verdadeiro e profundo texto.Parabéns.Beijos

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua mensagem